Refinery 29: Selena Gomez comenta sobre moda, parceria com a Coach, o seu estilo & mais em nova entrevista
SelCoach1

Nesta terça-feira, depois do desfile da Coach terminar, Selena Gomez cedeu uma pequena entrevista à Refinery 29 onde comentou sobre assuntos relacionados à Coach, à moda em geral, ao seu estilo e sobre Anna Wintor e Stuart Vevers. Confere a entrevista completa e traduzida aqui abaixo:

Tu vais a alguns desfiles sempre que é o mês da moda. O que foi especial sobre ir ao teu primeiro desfile da Coach?

” A relação que criei com o Stuart [Vevers]. Sou muito selectiva com as relações que faço com as pessoas, e não é por nenhuma razão em particular mas sim porque foi assim que fui criada. Eu e o Stuart criamos uma ligação – nós falamos várias semanas antes de decidirmos fazer algo juntos. Ele mostrou-me a sua visão sobre como é que ele quer que a Coach seja, o que apoia, e como era uma boa marca Americana, e pareceu-me uma combinação perfeita. Honestamente, eu senti-me orgulhosa quando ele veio até mim no final do desfile – Eu estava tão animada por ele. Fiquei emocionada.”

Como é que a experiência de ires a desfiles de moda funciona para ti?

” Há alguma pressão quando ficas na primeira fila! Tu meio que tens de ficar sentada e ficar posicionada na maneira certa. Eu levaria comida se pudesse, mas as coisas não funcionam assim num desfile de moda, provavelmente eu ofenderia tanta gente. É muito fixe. Eu amei sentar-me com a Anna [Wintor] e a equipa dela  – Eu conheço a Anna a algum tempo, então foi bom falar com ela sobre onde eu estive nos últimos meses e de como ela definitivamente me inspirou a fazer muito mais trabalho de caridade. Nós colocámos a conversa em dia, o que foi muito bom.”

Alguma vez a Anna te deu algum conselho sobre estilo?

” Ela nunca comentou nada sobre a minha aparência! A primeira vez que almocei com ela, nós falamos sobre a fundação de trabalho que ela fez na sua vida, e a habilidade que eu tenho para usar a minha plataforma para o bem, o que é algo que eu me tenho esforçado. Todas as nossas conversas estão focadas nisso. Ela também me perguntou sobre a Coach, é claro! Ela é muito inteligente, muito sábia.”

Como tem sido o processo de trabalhar com a Coach e o Stuart?

” Tem sido fantástico ter uma influência e controlo quando trabalhas com uma marca. Ter controlo da situação é algo que é importante para mim, como mulher e como uma mulher de negócios. Uma das primeiras coisas que eles me disseram quando me juntei à família da Coach foi que eles queriam que eu me sentisse segura. O que eles representam como marca é algo que eu quero incorporar. A carteira de mão que estou a criar tem uma mensagem inspiradora que vem com ela.”

Desde que te juntaste à Coach, qual é a mala com que usas mais no dia-a-dia?

“Sou uma rapariga que gosta de levar tudo na mala, então eu tenho usado a mala Rogue da Coach porque eu posso pôr a minha vida toda lá dentro- Sou desse tipo de raparigas. Apenas quero estar preparada para tudo. A Dinky é realmente clássica e fofa, e tem o estilo pela qual a marca é conhecida. Mas tu podes colocar o teu batom, telemóvel e dinheiro nela, então eu tenho usado a Rogue muitas mais vezes.”

 

Qual é a característica mais essencial que uma mala precisa de ter ( para além de grandes proporções)?

“Eu perco o meu telemóvel constantemente. Não é que eu o deixe em qualquer sítio, mas desaparece na minha mala às vezes, então eu preciso de bolsos, se não nunca o conseguiria encontrar, e depois eu começo a ficar maluca e tenho de despejar a minha mala toda, o que é muito desnecessário. Eu também não gosto de correntes – Eu gosto de segurar as coisas pelas alças,  gosto da opção de colocar as alças nos ombros, mas não há nada melhor do que segurar as alças com as mãos para mim.”

Qual foi a primeira mala da Coach que compraste?

” De onde sou no Texas, a Coach tem as malas essenciais que são acessíveis, mas mesmo assim um pouco caras. A minha prima, Priscilla, e eu guardámos algum dinheiro para comprar carteiras pequenas para combinar uma com a outra. A minha era uma carteira de couro branca – e nem era uma carteira de tamanho grande, a sério! Eu só colocava a minha identificação escolar basicamente.”

Tu ainda a tens por aí algures?

“Honestamente, provavelmente sim! Sou muito poupada, aposto que ainda a tenho guardada. Eu apostava contigo que eu a conseguia encontrar em algum lugar. Eu tenho um espaço de armazenamento, como qualquer pessoa normal tem. Eu não deveria ter tanta coisa.”

Ultimamente tens arrasado nas tuas escolhas de roupa para esta semana. Como é que tu e o teu estilista combinam os teus outfits para te sentares numa primeira fila ou para apareceres em eventos da moda?

” Para mim, tem que ser fácil. Eu nunca fui alguém que quer fazer com que tudo pareça perfeito. Gosto de ter um pouco de textura, mas continuo a manter as coisas simples. Eu sempre fui uma pessoa com quem é fácil trabalhar –  Eu tenho uma boa relação com a minha equipa, e eles têm estado ao meu lado durante anos.  Se eu faço alguma escolha de moda, eu tenho de manter isso mínimo. É mais sobre a afirmação das peças. Eu sempre fui uma rapariga clássica. A minha equipa e eu não temos propriamente uma estratégia (para eventos da moda) – tentamos que seja um look à Selena – clássico e simples.”

O que está na tua playlist quando estás a experimentar roupa?

” Gosto de ouvir músicas bonitas e leves – Eu amo R&B. Por vezes oiço Etta James ou Ella Fitzgerald se me estou a vestir mesmo para o evento. Depende do meu estado de espírito.”

Voltando ao look clássico da Selena: como o definirias?

“Sou definitivamente uma rapariga do tipo que veste vermelho, branco e preto – Eu visto essas cores diariamente. Eu dou uma vista de olhos ao meu closet e raramente tem alguma cor, mas tem muito vermelho.”

Uma coisa que as pessoas sempre te perguntam sobre o teu estilo?

“As pessoas perguntam-me sobre coisas que eu uso para ir a algum lado. Para mim, isso é um bom par de calças jeans que me fiquem bem: Eu vou usa-las vezes e vezes sem conta, normalmente com um crop top e sapatilhas.”

Qual foi a coisa mais valiosa que aprendeste sobre o teu estilo pessoal?

“Ser confiante e estar confortável. Tu podes começar a comparar-te com outras pessoas – e isso pode ser muito difícil para a nossa geração, por causa das redes sociais e da pressão de todo mundo. Mas se puderes usar alguma coisa confortável e confiante, tu deverias sentir-te bem – e nada mais deveria importar. Amo um bom par de botas. É isso o que me faz sentir sexy e forte. Eu combinaria isso com umas calças justas ou umas calças largas.”

Já falaste com o Stuart sobre criares algumas botas para a Coach?

” Não, mas isso seria muito fixe. Seria épico!”

Nesses dias em que não te sentes tão confiante, como é que lidas com isso e dás a volta à situação?

“É nessas alturas em que a camisola rockeira larga aparece! Eu usaria algo largo em que eu poderia guardar um pouco, com um choker bonito.”

Fonte: Refinery 29| Texto e tradução: Selena Gomez Portugal

 

 

 

 

 

 

 



Deixe seu comentário!


Selena Gomez Portugal • 2012 - 2016 © Todos os direitos reservados
Design por Filipa Freire | Layout por Ana Liziane